PARCEIROS

Armário-cápsula feminino: monte um guarda-roupa compacto para o ano todo

pexels-photo-3527572 (1)

Na contramão do que a moda há muitos anos vinha propondo, está o slow fashion, que é o conceito de uma moda muito menos consumista e mais consciente. Isso porque a quantidade de peças descartadas por segundo (sim, por segundo) é equivalente a um caminhão de lixo. Assim, vestir-se com propósito é urgente, necessário e inteligente. E nos anos 1970, a dona de uma boutique londrina Susie Faux trouxe uma nova proposta, prática e extremamente funcional, de slow fashion. Nascia aí o armário-cápsula.

Repetir roupas e reduzir as compras é o que está em alta

Entre todos os conceitos do slow fashion está o armário-cápsula (ou capsule wardrobe), que é um guarda-roupa com um número bem mais reduzido de peças básicas, práticas, atemporais, duráveis e que podem ser usadas o ano todo, em diferentes looks.

Um armário-cápsula é composto de 24 até, no máximo, 50 peças – sem contar pijamas, roupas íntimas, de academia, de ficar em casa, de festa e de banho, além de acessórios e sapatos. Ou seja, são cerca de 30 peças para sair, no dia a dia. Alguns conceitos-chave para montar seu armário-cápsula são:

  • Autoconhecimento: antes de pensar em fazer uma compra, é mais que necessário avaliar se aquela peça tem a ver com o seu estilo ou se se trata apenas de um modismo. Avalie se aquela peça terá “giro” no seu armário, ou seja, se você usará bastante. E ainda, se você tiver algo parecido no seu guarda-roupa, nem pense em comprar outra semelhante.
  • Versatilidade: uma peça que pode ser usada em diversos looks diferentes faz parte de um armário-cápsula. Como o segredo desse conceito de moda é a reutilização de peças, ter roupas atemporais e que desempenhem diferentes papéis ajuda a deixar seu guarda-roupa criativo, cheio de estilo e muito atual.
  • Racionalidade: as compras por impulso estão no topo da lista de consequências para o alto volume de descarte de peças e a produção de lixo. Por isso, olhar uma peça e, antes de pensar em comprar, dar uma volta e pensar bem sobre essa compra antes de efetuá-la vai diminuir e muito a necessidade de aquisição. Assim, você faz compras mais assertivas e certeiras.
  • Proporção: durante uma semana, uma pessoa repete muito mais as roupas usadas na parte de baixo que as peças que vão na parte de cima. Além disso, a parte de cima é a que mais chama a atenção e a que mais está exposta ao desgaste diário. Por tudo isso, é essencial montar um guarda-roupa com três peças de cima para cada peça de baixo.
  • Listagem: antes de sair às compras, faça uma lista das roupas exatas que você realmente precisa. Na moda, é claro que você tem liberdade para olhar as vitrines e comprar outras peças, mas ter foco nas roupas que você quer para o seu armário essencial vai tornar suas compras muito mais conscientes.
  • Orçamento: estabeleça previamente um valor a ser gasto, bem como a forma de pagamento a ser usada em cada compra para evitar sustos. Assim, você evita comprar tudo o que gosta só pelo prazer, levando as compras de roupas de uma forma mais coerente e não como um lazer que pode dar uma grande dor de cabeça depois.

 

20200626_235720

Quais peças fazem parte do capsule wardrobe?

Para saber algumas das peças que fazem parte da lista de um armário-cápsula perfeito, nosso blog separou uma relação de roupas marcantes. Óbvio que essa lista não é oficial e é totalmente adaptável ao seu estilo de vida, ao seu trabalho e ao lugar em que você vive, mas essa relação já vai te dar uma boa ideia de como se planeja um guarda-roupa reduzido, sem que falte nada. Confira a seguir e descubra se você está com excesso de roupas no seu armário!

24 peças de cima

Em termos de blusinhas, aposte em 13 tipos. Entre eles, duas t-shirts brancas básicas (podem ter estampa, mas invista em peças que tenham muito a ver com você), três regatas de malha, uma camiseta de gola “v” para dar uma cara diferente ao básico, e sete blusinhas de variadas cores, estilos e estampas.

20200627_000218

Para os modelos de terceira peça, escolha 7 modelos. Algumas sugestões super versáteis são dois casacos bem pesados (por exemplo, o sobretudo), dois modelos de jaqueta mais encorpada (uma jeans e uma de couro sintético, por exemplo), e três peças de meia-estação (jaqueta corta-vento – além de outras peças com o tecido windbreaker, parka, cardigã, blazer, entre outros).

20200627_000200

Em matéria de camisas, aposte em uma versátil e essencial camisa básica branca de botões. Além dessa, outras três camisas de botões de outras cores e texturas variadas (jeans, aveludada, de sarja, de linho, entre outras).

9 peças de baixo

As peças de baixo são essenciais para arrematar o look, e é muito fácil fazer combinações com nove possibilidades. É preciso investir em duas calças de modelagem tradicional (jeans básico e alfaiataria clássica, por exemplo), duas calças de modelagem marcante (jogger, mom, pantacourt, entre outras) e quatro outros tipos de peças de acordo com o seu estilo, entre calças confortáveis (moletom, legging), saia midi de trabalho, saia leve (longa ou curta, dependendo do seu estilo), short ou bermuda. É importante relembrar que aqui não são contadas as roupas de ficar em casa e de academia.

20200627_000525

3 peças únicas

Entre as peças únicas, invista em vestidos, macaquinhos e macacões, o que preferir. Lembrando que essa lista pode ser totalmente adaptada a você. Assim, se você for louca por roupas únicas, diminua a quantidade de peças de cima e invista em mais vestidos, macacões e macaquinhos, sempre levando em consideração os conceitos do armário-cápsula. Mas lembre-se que, quanto mais peças únicas, menos possibilidades de

Parecia pouco ter cerca de 30 peças no armário, mas você já viu que é perfeitamente possível. Agora, é hora de repensar sua relação com as peças de moda e brincar com todas as possibilidades de um armário consciente.

Agora que você já sabe tudo sobre o capsule wardrobe, descubra ainda mais navegando em nosso blog.

DICAS, PARCEIROS

Estilo – Brinco de segundo furo

Brinco de segundo furo: saiba mais sobre esse item da moda feminina

brinco para segundo furo na orelha não é novidade, mas cada vez mais conquistando o público feminino quando o assunto é estilo e beleza das joias e acessórios. Podendo ser super delicado ou cheio de atitude, esse brinco é fácil de combinar com outros itens, basta encontrar o seu modelo favorito. Além disso, você pode obter um ar mais elegante apenas colocando-o, pois ele dá um toque a mais no visual de maneira super prática e descolada.

Muitas mulheres o utilizam como substituto perfeito dos brincos tradicionais porque é uma joia que estiliza mais, que não fere a orelha e que reforça o poder feminino independente do ambiente em que nos encontramos. Quer saber mais sobre o brinco de segundo furo? Confira!

brincos-de-segundo-furo-0-1

Origem do segundo furo na orelha

Quando falamos do segundo furo na orelha, devemos destacar Marcel Boucher, um joalheiro parisiense de meados do século passado, que patenteou um brinco que foi enganchado no lóbulo da orelha sem a necessidade de perfuração, fazendo uma rota em forma de C. Logo, essa se tornou uma joia desejada pela aristocracia da época, que procurava peças exclusivas ao mesmo tempo que extravagantes.

No entanto, esse elemento começou a ser uma forte tendência nos anos 90, quando surgiram novamente na era do grunge. Assim, perfurar a orelha para além do uso tradicional dos brincos era símbolo de rebeldia e atitude. Já no início dos anos 2000, o segundo furo tomou conta das passarelas e se tornou uma moda para ficar, dessa vez com um ar mais elegante e sofisticado.

989669_brinco-prata-925-lua-crescente-arredondada-5102_m2_636988680000944592

Como combinar o brinco de segundo furo com outros acessórios femininos

Esses modelos de brincos geralmente são usados ​​de forma assimétrica, com uma orelha furada e outra sem um parceiro no lóbulo oposto. Mas há quem prefira manter os dois furos nas duas orelhas de maneira equivalente. De fato, a chave para esses itens é que eles chamam a atenção e são excelente maneiras de expressar a personalidade e dar um visual diferenciado.

Você pode investir em conjuntos de brincos femininos que combinam perfeitamente entre si ou brincar com estilos, cores e texturas para um visual mais divertido e ousado. Combinar os brincos do segundo furo é simples, encontre seus estilos favoritos: de argola, quadrado, com pedras, entre outros. Siga o padrão de outros brincos e acessórios ou dê total destaque para o segundo furo. O importante é encontrar o look que te garanta estilo, conforto e beleza.

 

DICAS

Saiba escolher o tênis perfeito para você !

20191111_194352

Tênis feminino: 4 dicas para escolher um perfeito para você!

tênis feminino está entre os calçados mais funcionais para o dia a dia das mulheres. Além de muito confortável, ele pode ser bastante estiloso —  afinal, até nas corridas e atividades físicas as mulheres não abrem mão do estilo, concorda?

Seja para o trabalho, passeio ou para praticar esportes é preciso, antes de tudo, saber como escolher um tênis feminino que atenda bem a requisitos básicos como design, pisada, material, solado e funcionalidade para garantir também o seu conforto.

Para acertar na hora de escolher o seu, confira estas 4  dicas incríveis!

20191111_194409

1. Descubra o tipo de pisada

Faça o teste de pisada observando como é a marca que seu pé deixa no chão. Isso pode ser visto no desenho que fica em sapatos antigos ou com este truque simples: molhe seu pé e caminhe sobre uma folha de papel. Prontinho! Agora você precisa apenas avaliar o formato.

São três tipos de pisada: neutra, supinada e pronada. A neutra apresenta áreas uniformes no desenho. Já a supinada tem como pontos de destaque a ponta do pé e o calcanhar, o que indica um pé cavo. Por sua vez, a pronada marca toda a área da pisada, indicando um pé plano.

Essa informação é importante, especialmente, quando o tênis feminino for para corrida, já que os fabricantes produzem calçados especiais para cada pisada. Esse cuidado é essencial para evitar bolhas, calos e possíveis lesões com o uso. Viu como é importante?

2. Avalie o material do tênis feminino

Se estiver em uma loja física, não tenha receio de pegar o calçado com suas mãos, testar a maleabilidade, ver se todas as partes estão bem coladas e se o material é de qualidade.

Também não deixe de provar os dois “pés” do tênis que pretende comprar, pois um pode ficar diferente do outro ao calçar. Esse teste, muitas vezes, é o decisivo no momento da compra, pois é possível verificar se eles são realmente confortáveis ao caminhar e quão bonito ficam nos seus pés.

 

Mas se você estiver escolhendo o tênis em uma loja on-line, também é possível observar esses detalhes. Para isso, veja as especificações descritas no site e olhe os comentários de quem já comprou. Você também pode procurar resenhas em blogs e vídeos sobre o modelo escolhido.

3. Confira o tipo de solado

Quem apresenta problemas de pisada como o pé cavo ou plano deve ficar atento para essa parte. É importante ter um solado flexível e macio para comportar o peso corporal, sem ceder ou gerar lesões.

Quando o tênis feminino for de corrida, é fundamental ter um bom sistema de amortecimento. Assim, o calçado suaviza o impacto das passadas mais fortes durante o treino.

Esse detalhe é válido ainda para quem caminha muito durante sua rotina. Aqueles que permanecem muito tempo em pé também são beneficiados com um solado específico para amortecer o impacto.

4. Analise a função do calçado

A última dica para escolher um tênis feminino perfeito é ter claro em sua mente qual a finalidade de uso do calçado. Caso ele seja voltado para a academia ou prática de esportes, é importante que seja mais resistente e que tenha um bom solado.

Já se for para passeio, o material e a sola não precisam ser muito robustos. Para essa função, o mais importante é a beleza e harmonia de cores. Por outro lado, o conforto também deve ser priorizado, já que é uma de suas marcas registradas.

20191111_194933

Sendo assim, avalie em quais lugares o calçado será utilizado. A partir disso, considere características como design, cores e amortecimento.

Uma dica valiosa é comprar um tênis feminino versátil para usar tanto em atividades físicas quanto em combinações com vestidos e saias midi. Fica lindo e superestiloso!

20191111_195447

Agora que você já sabe essas dicas, escolher um tênis feminino será uma tarefa muito mais fácil. Observe esses detalhes e tenha um calçado prático, confortável e bonito para o seu dia a dia.

RESENHA - LIVROS

5 Livros que estou desejando

Screenshot_20190822-162344_PicsArt

1 ° O Poder da Autoresponsabilidade

Este livro traz ao leitor o conceito de autorresponsabilidade. Trata-se de um manual que apresenta a metodologia das 6 leis para a conquista da autorresponsabilidade, de modo que o leitor assuma o comando de sua vida.”

Autor : Paulo Vieira 

 

Uma Vida com Propósito

O livro é apresentado como uma jornada espiritual pessoal de 40 dias em 40 capítulos. As 5 seções principais do livro são adoração, Igreja, discipulado, ministério e da Mission. Eles representam cinco propósitos de Deus para a vida humana na Terra.

Autor: Rick Warren

 

3° O Milagre da Manhã 

Hal Elrod explica os benefícios de acordar cedo e desenvolver todo o nosso potencial e as nossas habilidades.  A mudança de hábitos e a nova rotina matinal proposta por Hal vai proporcionar melhorias significativas na saúde, na felicidade, nos relacionamentos, nas finanças, na espiritualidade ou quaisquer outras áreas que necessitem ser aprimoradas.

Autor: Hal Elrod 

 

O Imbecil Coletivo

O autor faz uma análise e reflexão sobre aquilo que ele acredita ser o fenômeno da decadência intelectual do Brasil e, para tanto, apresenta exemplos e implicações do que seria esse mal.

Autor: Olavo de Carvalho 

 

5° O Mínimo que você precisa saber para não ser um IDIOTA

O livro está dividido em 25 capítulos ou macrotemas, que se desdobram em subtemas. Dentre alguns dos assuntos abordados estão conhecimento, juventude, inteligência, religião, ciência, socialismo, inveja e aborto. O livro tem um enfoque especial na realidade brasileira.

Autor – Olavo de Carvalho 

 

Já leram algum que está na minha lista? Se sim, já me informa se é bom ou ruim para eu não perder meu tempo rsrs.

Aproveita e me diz quais são os livros que vocês estão desejando. Vou amar saber ♡

DICAS

Uso do Moletom : Aprenda a combina-lo

20191102_103939

Aprenda como combinar seu moletom e redescubra essa moda.

Se você acompanha um pouco a moda e as novas tendências, já percebeu que o moletom voltou com tudo e deve continuar sendo peça-chave dos visuais mais estilosos.

Presente nos looks de homens e mulheres essa peça, que foi sucesso na década de 1990, aproveita o retorno às referências desse período para compor o guarda-roupa das pessoas mais inspiradoras quando o assunto é estilo.

Quer saber mais sobre como usar moletom sem medo de errar? Continue aqui.

♡ Uma nova forma de usar moletom ♡

Se antes o moletom estava destinado a ficar em casa, entre um sábado agitado e um domingo preguiçoso, a peça agora adquire novos ares e aplicações e aparece até no happy hour.

 

Essas roupas mais confortáveis estão dominando as ruas e as passarelas. Tendência presente desde a  London Fashion Week de 2018, o moletom deve ocupar ainda mais espaço e  já conquistou it girls, que se tornaram adeptas dessa roupa graças a sua facilidade de combinação com outras mais básicas ou estruturadas.

♡ Sugestões de uso para mulheres ♡

A blusa de moletom adquire um ar tão versátil quanto a calça jeans. Você pode combiná-la com saias, shorts, botas, scarpins, coturnos e o que mais a sua imaginação mandar, sem perder seu estilo e personalidade.

20191102_000823

Vale até mesmo apostar em peças de alfaiataria para dar um contraponto e levantar o look, imprimindo a mistura perfeita entre o despojado e o arrumado. Aproveite também para abusar dos acessórios mais trabalhados, dando um charme extra ao visual.

E que tal apostar no couro? Esse mix carrega uma característica mais urbana e combina perfeitamente com mulheres decididas e modernas.

 

 

Outra opção bem interessante é usar um moletom bem comprido, como um vestido. Você pode combiná-lo com bota ou sapato de salto. As mais ousadas podem aderir à meia arrastão e coturno, construindo um visual pesado, mas muito interessante.

20191101_200111

♡ Sugestões de uso para homens ♡

O desafio para os homens que querem usar moletom é sair daquela aparência de quem está apenas praticando esportes e adicionar informação de moda ao visual.

20191102_105645

Para um look mais casual, a combinação com jeans e tênis está liberada, com a aposta em uma calça mais justa e estruturada, de preferência desgastada nos joelhos para modernizar o visual. Um pedacinho da barra da camiseta ou camisa aparente dá um ar despojado e charmoso.

Uma mistura mais ousada é a blusa de moletom com a calça de alfaiataria. As peças geram oposição divertida entre elas, mas precisam ser modeladas para que o visual não fique largo demais e perca a elegância.

Para uma produção street, o moletom com capuz é a escolha ideal. É possível usá-lo com jaqueta, jeans e boné. O resultado é um visual jovem e descolado, ideal para aquele bar de fim de tarde com os amigos.

 

Com essas dicas, você pode tirar o moletom do guarda-roupa e usá-lo para passeios e até mesmo no local de trabalho. Basta não ter medo de apostar na peça e pensar em como tornar o visual mais elegante.

20191102_105720Aproveite para revisitar o seu guarda-roupa e pensar em como aproveitar o moletom em looks estilosos e antenados com as novas tendências!